War Of Dragons

<
>

O que aconteceu com última geração da seleção brasileira que não foi aos Jogos Olímpicos?

Seleção olímpica do Brasil não foi aos Jogos Olímpicos de 2004 Getty Images

Aseleção brasileiraolímpica comandada por Ramon Menezes decepcionou neste domingo (11) ao perder por 1 a 0 para a Argentina, em Caracas, na Venezuela. O péssimo resultadoconfirmou o que muitos temiam: a eliminação e a perda da vaga nos Jogos Olímpicos de Paris, que serão disputados a partir do final de julho deste ano.

A última vez que a seleção sub-23 não se classificou para uma edição das Olimpíadas foi em 2004. Em janeiro daquele ano, após derrota por 1 a 0 para o Paraguai, a promissora geração que contava com nomes como Diego Ribas eRobinhonão conseguiu ir à competição.

Aquela seleção era dirigida pelo ex-zagueiro Ricardo Gomes, que havia iniciado o trabalho um ano antes e não conseguiu levar o país às Olimpíadas, que na época eram a grande obsessão da CBF, uma vez que a medalha de ouro só viria em 2016. Na convocação final, o técnico não pôde contar com estrelas como KakáeAdriano Imperador, não liberados respectivamente por MilaneInter de Milão. Outro vetado por seu clube foi Júlio Baptista, destaque do Sevilla.

Naquele Pré-Olímpico em 2004, o Brasil foi eliminado em um quadrangular que tinha também Argentina, Paraguai e Chile. Você se lembra quais eram os atletas que compunham aquele time? Veja abaixo a lista de 20 nomes e qual foi o destino deles no futebol.

Goleiros:

  • Gomes – Multicampeão com o Cruzeiro, o goleiro brilhou também no PSVe chegou ao Tottenham, tendo feito parte também das conquistas da Copa das Confederações com a seleção principal, em 2005e2009.

  • Juninho – Teve no Vitóriao auge da carreira ao conquistar um tetracampeonato baiano, entre 2002e2005. Além disso, rodou o Brasil por diversas equipes.

Laterais:

  • Maicon– Se consolidou como um dos melhores do mundo na posição, conquistando diversos títulos pela Inter de Milão, além de ter garantido vaga na seleção brasileira principal.

  • Maxwell– O lateral foi multicampeão por clubes como Ajax, Inter de Milão, BarcelonaePSG, além de ter virado “figurinha carimbada” na seleção brasileira.

Zagueiros:

  • Rodolfo– Fez carreira no futebol da Rússia e da Ucrânia. No Brasil, ainda passou por clubes como VascoeGrêmio.

  • Alex– O ex-Santos construiu carreira no futebol europeu ao ser campeão por clubes como PSV, Chelseae PSG.

  • Edu Dracena – Foi campeão por onde passou e fez história com as camisas de Cruzeiro, Santos,CorinthiansePalmeiras.

  • Luisão– Construiu carreira no Cruzeiro e no Benfica, por onde conquistou inúmeros títulos, além de ter vestido a camisa da seleção principal.

Meio-campistas:

  • Paulo Almeida – Teve sucesso no Santos e chegou ao Benfica. Depois, teve breve passagem no Corinthians e vestiu a camisa de clubes menores.

  • Elano– Um dos maiores nomes da história do Santos, o meio-campista foi ao Manchester City,FlamengoeShakhtar Donetsk, empilhando conquistas por onde passou.

  • Diego– Com sucesso no Santos, o meia-atacante teve grande carreira na Europa e se tornou ídolo do Flamengo até encerrar a carreira.

  • Dudu Cearense – Teve sucesso no CSKA Moscou e depois rodou o Brasil por inúmeros clubes, tendo conquistado alguns títulos estaduais.

  • Fábio Rochemback – Chegou ao Barcelona, mas não se firmou na Europa, indo ao Grêmio depois, mas sem grande sucesso.

  • Paulinho– Vestiu a camisa do Atlético-MG em duas oportunidades e depois se aventurou pelo futebol japonês, mas sem grande sucesso.

  • Wendell– Brilhou com a camisa do Cruzeiro no início dos anos 2000 e teve sucesso na Europa no Bordeaux, da França.

  • Daniel Carvalho – Foi multicampeão no CSKA e retornou ao Brasil passando por Palmeiras, BotafogoeGoiás.

Atacantes:

  • Marcel– Revelado no Coritiba, o centroavante rodou o mundo por diversos clubes e chegou a ser peça importante no Santos, em 2010.

  • Nilmar– Vitorioso com a camisa do Inter, o atacante passou por Lyone Corinthians e passou pela seleção brasileira principal, em 2009.

  • Robinho– Se consolidou no futebol europeu ao passar por Real Madrid, Manchester City e Milan. No Brasil, vestiu novamente a camisa do Santos, e também foi ao Atlético-MG.

  • Dagoberto– Brilhou com a camisa de São Paulo e Cruzeiro, além de ter passado por demais equipes do futebol brasileiro.

War Of Dragons Mapa do site